quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Eco-friendly UK!


Os engajados ingleses contra a insustentável expansão de Heatrow!


Tesco eco-bags!

Uma das coisas que mais chamou minha atenção aqui em Manchester quando cheguei foi a consciência ambiental do britânico. Ruas limpas, campanhas para que a população utilize o transporte público em vez do carro, coleta seletiva do lixo...

Quando saí do Brasil, em maio de 2008, só havia coleta seletiva do lixo em poucas regiões, apenas se houvesse procura dos moradores, ou em pontos como o Pão de Açúcar, que coleta e recicla. Mas, diferentemente do que ocorre por lá, aqui a coleta seletiva é levada muito a sério.

Os sacos plásticos que embalam o lixo são diferentes de acordo com o conteúdo: azul para recicláveis; preto para lixo orgânico; travessas pretas para os vidros e grandes lixeiras verdes para o lixo de jardinagem, como galhos, folhas e flores mortas. Além de a coleta ocorrer semanalmente, quem misturar os lixos corre o risco de ter o saco recusado pelos lixeiros no ato da coleta, ou até mesmo de receber uma multa, caso coloque o lixo para fora no dia errado.

O uso dos saquinhos de supermercado também está sendo gradualmente marginalizado e abolido. Muitas das lojas oferecem descontos para os que carregam suas sacolas retornáveis (eco-friendly, vendidas em todo lugar e super na moda!) ou carrinhos de compras, e algumas delas cobram por volta de 5p (aproximadamente 20 centavos de Real) por cada sacola plástica que o consumidor pedir para embalar suas compras. Vale acessar o blog Deplasticize your life (algo como “desplastifique sua vida”) para saber mais sobre o quão nocivo o plástico é para o meio ambiente!

O tema da sustentabilidade está sempre em pauta nos jornais, no meio acadêmico, no dia a dia do britânico. Nada mais comum do que ver mães e pais andando cedinho, na chuva, na neve, em meio ao fog, com grupos de 7, 10, 12 crianças para levá-los à escola; uma iniciativa que começou com campanhas dos conselhos da cidade para reduzir a emissão de C02 proveniente dos veículos. São ações pequenas ainda, mas que parecem estar começando a provocar uma onda de mudanças eco-friendly, que vieram para ficar!

Não há como comparar as distâncias aqui e as distâncias em SP, bem como o nível de segurança, a qualidade do transporte público, nem o engajamento da população com a causa ambiental, quando tantos outros temas vêm primeiro na lista de prioridades do brasileiro; mas penso se não daria pelo menos, para despertar o interesse e a preocupação com o meio ambiente na educação e do estilo de vida insustentável do brasileiro?

Nem Al Gore, com suas verdades inconvenientes, nem os Katrinas da vida, nem o Greenpeace e todas as ONGs ambientais, com seus apelos, fotos dramáticas de rios secando, animais sendo extintos, florestas sendo desmatadas e outras tragédias reais afins, vão conseguir mudar o mundo se cada um não perceber que é na própria mudança que está a esperança de um futuro sustentável.

Não é preciso ir à lua para dizer: “Um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade”; basta olhar para os lados! Começando a cuidar do seu próprio lixo, reduzindo o uso do carro (que tal agitar umas caronas, o dia do busão e aproveitar a sexta-feira casual para estrear o tênis numa caminhada até o trabalho?); adotando uma sacola reciclável para fazer as compras... Pequenas coisas que fazem uma grande diferença!

O blog da Veja do Denis Russo,(um amigo de família há anos) fala disso, e o nome com que ele o batizou resume bem como imagino que deva ser a partir de já, o pensamento e prática de todos nos, brasileiros ou britânicos, se quisermos evitar que se realizem as profecias menos amigáveis a respeito do futuro do nosso planeta: Sustentável é pouco!

4 comentários:

anareis disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luciana Soldi disse...

Oi! Que bacana esse seu blog... há 3 anos atrás tudo o que eu pensava era em morar em UK... mas aí as coisas tomaram outro rumo e acabei ficando. Hoje não penso mais em morar, mas visitar com certeza. Obrigada pela citação à nossa sacola de compras Natura!
um beijo grande Lu

Marina disse...

Olá Luciana!!
Quem sabe um dia você não realiza esse seu sonho antigo, não é? Se não para morar, com certeza para tietar, pq o UK é digno de tietagem!!

A Natura é uma das pioneiras na causa ambiental no Brasil, tem que ser citada sim! Eu tenho a minha sacolinha Natura aqui e é com ela que vou sempre às eco-compras!!
Um beijo e obrigada pela visita ao blog!!

isabella disse...

Olá, marina!
Gostaria de te perguntar umas coisas... onde consigo seu e-mail?
Um abraço!